quarta-feira, 12 de julho de 2017

TRANSPONDO O ABISMO







Entre o vento e o tempo
Não importa se o vento sopra
E neste sopro me transporte no tempo
Se a chuva caia
E no lago formado
Encharque-me de prazer.
Não importa se a distância é grande
Se o tempo é incerto
Se o medo é perder você
Não importa o abismo formado
Se o vento vai me levar
Aonde possa chegar.
Não importa
Se a distancia é tão perto
E tão longe ao mesmo tempo
Só me resta ter no vento
O transporte para seguir
Não importa se no caminho
Surgir um rio corrente
Se nessa correnteza me transporte
Entre o vento e o tempo
Até o abismo encontrar...