terça-feira, 20 de setembro de 2016

O QUE FAÇO....


A GEOGRAFIA...




Falo da geografia

Rabiscando uma poesia

Descrevendo o espaço

Feito o laço e o abraço...



Mapeando uma cidade

Comercio ruas e vielas

Bairro nobre e até a favela...



O movimento  e a multidão

O emprego da população

Isso trata na geografia

Descrito nessa poesia...



O solo as rochas o homem trabalhando

O campo a fuga as grandes capitais

A tarefa da geografia nas escalas globais

Em busca do espaço o homem se humanizando...



Autoria- Irá Rodrigues

O TEMPO





Quem sabe
Um dia já envelhecida
O brilho do olhar apagado
O sorriso meio amarelado
O sonho acalentado...

Talvez
Eu possa entender
Os passos que não dei
Os desejos que abandonei
De tudo que sonhei...

Quem sabe
Em plena madrugada
De uma noite enluarada
Eu desperte e possa ver
Que só o tempo
Pode me entender...


Autoria- Irá Rodrigues

SAUDADE...





Quando a saudade fica
Em sonhos interrompidos
Detalhes que se  esquece
Amores mal resolvidos...

 Quando tudo acaba
A saudade fica
Dói machuca
Estraçalha...

É choro sem ter razão
É falta deixando um vazio
É tristeza no coração
São atos por impulsão...

É essa saudade contida
É desejo que machuca
É sofrer o bastante
É te querer por instante...

Quando a saudade fica
Tudo mais vai embora
Momentos se perdendo
Mas continuo vivendo...